domingo, 30 de maio de 2010

a reflectir

" O pensamento pode apontar para a Verdade, mas não é a Verdade. Esta é a razão pela qual os budistas dizem: "O dedo que aponta para a Lua não é a Lua."

Texto (tirado do livro): "Um Novo Mundo" de Eckhart Tolle
Ilustração: Tsukioka Yoshitoshi (Japão,1839-1892)

segunda-feira, 17 de maio de 2010

Esta insistente ausência


Lisboa,

Após esta longa ausência,
numa exaustiva viagem de regresso a casa,
num percurso que ainda não se deu por terminado,
neste voltar que levará o seu tempo,
onde a raíz sem-abrigo não consegue agarrar facilmente a terra onde outrora nasceu e cresceu,
mas que quer voltar, voltar tocar, voltar a sentir, enraizar.
Leve sussurrar da terra mãe que a chama, que a quer abraçar com a sua força.
A raiz fraca de tanto se ter deixado errar pelo mundo,
estende agora a mão, o braço, o corpo cansado, meio perdido,
e deixa-se entregar, deixa-se cair.
Milagre talvez nesse eterno retorno que nos faz entrar nos ciclos, círculos infinitos de renovação da vida.

Texto: Clara Marchana