terça-feira, 12 de janeiro de 2010

Correrias garridas

Sopro de côres garridas,
reentrar na unidade, na frequência,
devemos correr urgentemente para ela,
para sermos um só no colectivo.

Texto: Clara Marchana

Sem comentários: