sábado, 4 de julho de 2009

Bugigangas de amor


Hoje estou a precisar de me distrair.
Quer dizer, de ficar sossegada e sussurrar ao teu ouvido tudo aquilo que me apetece dizer, que me vem à cabeça no momento, e todas as bugigangas de amor.
Depois gostava que me afagasses os cabelos e escutasses o meu silêncio, a minha respiração e as coisas que não te digo, aquelas que não te chego a dizer.
Vamos recriar o amor, fazê-lo brilhar como aquela estrela que estou a ver agora no céu ou como aqueles sonhos que não queremos acordar e queremos ficar a dormir mais um bocadinho.
Só mais um bocadinho, dá-me só mais esse bocadinho de ti.

Texto: Clara Marchana
Fotografia: Maria Flores

Sem comentários: