segunda-feira, 2 de fevereiro de 2009

Amena esperança


Um vento ameno que sopra forte de vez em quando.
Sonhamos que vamos conseguir, e isso dá-nos uma vontade muito ligeira de sorrir para dentro.
Já olho para o exterior com outros olhos.
Sei que a estrada é por aqui,
e que não poderia ser melhor o sítio,
na casa das estradas, na mãe de todas.

Texto: Clara Marchana

Sem comentários: