domingo, 30 de novembro de 2008

Um dia no Zoo


Fotografias de Clara Marchana

Decidimos ir ao Jardim Zoológico situado em Villa Borghese.
Os animais devolvem-nos e resgatam em nós aquilo que tentamos esquecer, o instinto animal, a relação com os cinco sentidos, o quanto nos afastamos por vezes da escuta de nós mesmos.
Na zona dos chimpanzés, quando ali chegámos não havia ninguém, uma enorme janela de vidro a separar-nos, mas que nos permitia ver todo o espaço onde habitavam, um dos chimpanzés estava, encostado àquele vidro e assim que nos sentiu chegar, olhou e observou-nos com serenidade e pouca surpresa. Aproximámo-nos devagar mas ele após pouco tempo depois mostrou-se indiferente ao girar as suas costas para nós. Sentámo-nos então no chão por algum tempo encostados àquele vidro em silêncio, e ele passado algum tempo, olhou e observou-nos mais uma vez, estendemos então um braço para ele, e ele imediatamente estendeu-nos o seu braço também em resposta. Eu girei-me e fiquei de frente ao vidro sentada ainda no chão, ele levantou-se do lugar onde estava, aproximou-se de mim e ficou à minha frente. Ficámos ali assim, à mesma altura, por tanto tempo, ele observou-me as mãos, o rosto, os cabelos e olhava-me nos olhos com ternura e sinceridade, mostrando o seu afecto através de gestos carinhosos. Depois olhou para nós os dois como que se despedindo, pois entretanto apareciam mais pessoas, umas que tiravam fotografias com uma excitação invasiva e ele subitamente irritado virou-lhes as costas e foi-se embora dali.

(Por favor façamos qualquer coisa para mudar este mundo. Comecemos por mudar primeiro o nosso mundo pessoal, o nosso universo.
Façamos qualquer coisa todos os dias que nos faça sentir tocados.)

Texto: Clara Marchana
Fotografia: Clara Marchana


3 comentários:

Anónimo disse...

:)bonito momento. estou a prestes a tomar a decisao mais complicada da minha vida e tenho tantas duvidas e falta-me coragem para ir e também para ficar. Nao sei se devo ir atras do sonho ou do conforto.Parece que era mais fácil q alguém decidisse por mim...raios.
Nao consigo escolher.Na verdade tenho medo de ao procurar a felicidade estar a fugir dela.estou quase a desistir de ser actor e estou muito triste.O q tu farias?

Anónimo disse...

ja agora abriu o mestrado em movimento, leccionado 100 por cento pelo luca. dura tres semestres sei q estas longe mas acho q see estivesses por ca ficavas interessada. vai ao site
www.estc.ipl.pt

Anónimo disse...

Miguita adorei a foto no zoo...o reflexo de ti no vidro perto do gorila
O vidro é de certa uma barreira na qual a humanidade criou...estamos tao perto e tao longe...Muito poético.
Beijinhos...
Helga R